A PERFEIÇÃO CRISTÃ

Bpo. Ricardo Raymundo

 

Mais uma mensagem para edificar sua vida...

 

"Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder a cidade edificada sobre um monte; nem se acende uma candeia para colocá-la debaixo do alqueire, mas no velador, e alumia a todos os que se encontram na casa. Assim brilhe também a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos céus”. MT 5. 14-16

 

 

De acordo com o texto que acabamos de ler, essa é a premissa para iniciarmos o aperfeiçoamento cristão.

 

O Mestre Jesus nos exorta que somos a luz do mundo; ou seja, exemplo para todos que nos rodeiam, todos que estão próximos de nós. Dessa forma, Deus exige nossa perfeição (dentro das possibilidades humanas).

 

Vejamos outro texto: “Portanto, sede vós perfeitos como perfeito é o vosso Pai celeste” Mt 5. 48.

 

Deus não quer de nós uma natureza moral “impecável, perfeita”, e sim, um amor que inclui a todos e que busca o bem de todos. Ao invés de seguirmos o exemplo dos pecadores que só amam aqueles que os amam, devemos ser como o Pai, amando a todos.

 

A perfeição começa pelo domínio da língua.

 

O Apóstolo Tiago diz que: “Porque todos tropeçamos em muitas coisas. Se alguém não tropeça no falar, é perfeito varão, capaz de refrear também todo o corpo” Tg 3. 2.

 

A língua é um órgão pequeno, porem seu poder de destruição é enorme, bem maior que seu tamanho. Seu poder de influencia tanto para o bem, como para o mal, são desproporcionais ao seu tamanho.

 

Devemos mantê-la sobre controle, para não magoamos a quem amamos e não permitir que ela seja um tropeço para a busca da perfeição.

 

Outro ponto é a vida de abnegação que faz parte do aperfeiçoamento do caráter cristão.

 

Jesus diz: “Se queres ser perfeito, vai, vende os teus bens, dá aos pobres e terás um tesouro no céu; depois, vem e segue-me” Mt 19. 21. Os bens que possuímos não são importantes para herdarmos o reino do céu. A riqueza na terra não deverá virar ídolos. Não devemos amar mais as coisas terrenas do que a Deus e sua justiça.

 

Deus nos ajuda a alcançar a perfeição...

 

Podemos crescer na perfeição...

 

O Apóstolo Paulo era um exemplo de busca incessante da perfeição: “Não que eu o tenha já recebido ou tenha já obtido a perfeição; mas prossigo para conquistar aquilo para o que também fui conquistado por Cristo Jesus”. Fl 3. 12.

 

Cristo nos conquistou por amor a nós, a busca incessante na perfeição é uma dádiva dEle, pois é seu desejo.

 

O amor de Cristo por nós é algo maravilhoso, esse amor marca o ponto mais alto da perfeição. O Apóstolo Paulo diz: “acima de tudo isto, porém, esteja o amor, que é o vínculo da perfeição” Cl 3. 14.

 

Em fim, todos nós cristãos, devemos perseguir o alvo da perfeição, observando todos os detalhes apresentados anteriormente. Pedir sempre ao Senhor que nos dê a capacidade de sermos humildes e perseverantes na busca dessa perfeição.

 

Devemos seguir sempre os conselhos do apóstolo Paulo que diz: “Irmãos, quanto a mim, não julgo havê-lo alcançado a perfeição; mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando para as que diante de mim estão, prossigo para o alvo, para o prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus.

 

Todos, pois, que somos perfeitos, tenhamos este sentimento; e, se, porventura, pensais doutro modo, também isto Deus vos esclarecerá.

 

“Todavia, andemos de acordo com o que já alcançamos” Fl 3. 13-16.

 

Todos nós já fomos conquistados por Jesus Cristo nosso Senhor lá na Cruz, por isso, busque incessantemente com diligência a Perfeição Cristã, como um troféu meu irmão e minha irmã.

 

Paz


Sede: Elzira Vivacqua, 195 - Jardim Camburi - Cep 29090-350 - Vitória - ES - Brasil
Rádio Profetizando Vida © - www.profetizandovida.com

Desenvolvido e Hospedado por Poly Design - www.polyinformatica.com