A FAMÍLIA DO CORAÇÃO DE DEUS

A FAMÍLIA DO CORAÇÃO DE DEUS (Ef 5.22-33)

 PR. RICARDO RAYMUNDO

  1. O MARIDO DEVE GOVERNAR A ESPOSA?

 - NÃO É MACHISMO ENSINAR A ESPOSA A SER SUBMISSA (1Pe 3.5,6 – “Porque assim se adornavam antigamente também as santas mulheres que esperavam em Deus, e estavam submissas a seus maridos; como Sara obedecia a Abraão, chamando-lhe senhor; da qual vós sois filhas, se fazeis o bem e não temeis nenhum espanto”).

- O MARIDO É O CABEÇA... CRISTO É O CABEÇA. A MULHER CHEIA DO ESPÍRITO RECONHECE QUE O PAPEL DE LIDERANÇA DE SEU MARIDO NÃO FOI SOMENTE ORDENADO POR DEUS, MAS É UM REFLEXO DA PRÓPRIA LIDERANÇA AMOROSA E LEAL DE CRISTO PELA IGREJA.

Cl 1.18 – também ele é a cabeça do corpo, da igreja; é o princípio, o primogênito dentre os mortos, para que em tudo tenha a preeminência”.

 

  1Co 11.3 – Quero porém, que saibais que Cristo é a cabeça de todo homem, o homem a cabeça da mulher, e Deus a cabeça de Cristo”.

Tt 2.4,5 – “para que ensinem as mulheres novas a amarem aos seus maridos e filhos, a serem moderadas, castas, operosas donas de casa, bondosas, submissas a seus maridos, para que a palavra de Deus não seja blasfemada”.

 

- SALVADOR, ASSIM COMO CRISTO LIBERTOU SUA IGREJA DOS PERIGOS DO PECADO, DA MORTE E DO INFERNO, TAMBÉM O MARIDO SUSTENTA, PROTEGE, PRESERVA E AMA A SUA MULHER, LEVANDO-A A SER ABENÇOADA À MEDIDA QUE SE SUBMETE.

- AME SUA MULHER, EMBORA A AUTORIDADE DO MARIDO TENHA SIDO ESTABELECIDA (22-24) A ÊNFASE MUDA PARA SUPREMA RESPONSABILIDADE DO MARIDO EM RELAÇÃO À ESPOSA, A QUAL É AMÁ-LA COM O MESMO AMOR IRRESTRITO, ABNEGADO E SACRIFICAL QUE CRISTO TEM PELA SUA IGREJA. CRISTO ENTREGOU TUDO QUE TINHA INCLUSIVE A SUA PRÓPRIA VIDA, EM FAVOR DE SUA IGREJA, E ESSE É O PADRÃO DE SACRIFÍCIO PARA O AMOR DE UM MARIDO PARA COM SUA MULHER. (Cl 3.19 – “Vós, maridos, amai a vossas mulheres, e não as trateis asperamente”.)

 

  1. A ESPOSA DEVE SER SUBMISSA SOMENTE SE O MARIDO FOR AMOROSO? (5.24-33);

1 Tm 2.11 – A mulher aprenda em silêncio com toda a submissão”.

 

Rm 1.24-27 – Por isso Deus os entregou, nas concupiscências de seus corações, à imundícia, para serem os seus corpos desonrados entre si; 25 pois trocaram a verdade de Deus pela mentira, e adoraram e serviram à criatura antes que ao Criador, que é bendito eternamente. Amém. 26 Pelo que Deus os entregou a paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural no que é contrário à natureza; 27 semelhantemente, também os varões, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para como os outros, varão com varão, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a devida recompensa do seu erro.”

                                                    

- A VIDA CORRETA DE HOMENS OU MULHERES TESTIFICA DO PODER E DA GRAÇA DE DEUS EM AÇÃO NA VIDA DELES.

- QUANDO A ESPOSA RESPEITA O MARIDO, MESMO QUE ELE NÃO MEREÇA, REVELA-SE AOS OUTROS O BOM CARÁTER DELA. POR MEIO DE CRISTO PODEMOS LEVAR UMA VIDA DE GRAÇA EM VEZ DE UMA VIDA DE RESSENTIMENTOS. TODAVIA, A SUBMISSÃO NÃO DEVE SIGNIFICAR PARTICIPAÇÃO EM CONDUTA PECAMINOSA.

- APRESENTA UMA ÊNFASE EQUILIBRADA DO QUE ELE É DELA COMO ALGO ÍNTIMO E PESSOAL QUE ELA POSSUI (Ct 2.16 – “O meu amado é meu, e eu sou dele; ele apascenta o seu rebanho entre os lírios”; 6.3 – “Eu sou do meu amado, e o meu amado é meu; ele apascenta o rebanho entre os lírios”; 7.10 – “Eu sou do meu amado, e o seu amor é por mim”). ELA SUBMETE-SE AO HOMEM QUE ELA PRÓPRIA POSSUI. COMO AO SENHOR.

 

  1. COMO CRISTO PURIFICA A IGREJA POR MEIO DA LAVAGEM DE ÁGUA PELA PALAVRA? (5.26)

 

- PAULO CRIA UMA IMAGEM VERBAL: A VERDADE DAS ESCRITURAS PRODUZ UM ESPÍRITO LIMPO, ASSIM COMO A ÁGUA ELIMINA AS IMPUREZAS DO CORPO. À MEDIDA QUE ESTUDAMOS E APLICAMOS A PALAVRA DE DEUS À NOSSA VIDA DIÁRIA, CRESCEMOS EM SANTIDADE E PUREZA.

- SANTIFICASSE... PURIFICADO... SANTA... SEM DEFEITO DIZ RESPEITO AO AMOR DE CRISTO PELA IGREJA. A GRAÇA DE DEUS TORNA OS CRISTÃOS SANTOS POR MEIO DA AÇÃO DA PALAVRA. (Tt 2.1-9; 3.5) PALAVRA PURIFICA (1 Pe 1.22; Jo 17.17 – SANTIFICAÇÃO ( 2 Tm 2.21; 1 Co 1.2: 6.11) – BELEZA ESPIRITUAL (1Pe 3.3,4) – SEM MANCHA (1 Pe 1.19).

- COM O PRÓPRIO CORPO, AQUI ESTÁ A MAIS PRESENTE E CONVINCENTE DESCRIÇÃO DA UNIDADE QUE DEVE CARACTERIZAR O CASAMENTO CRISTÃO. UM MARIDO CRISTÃO DEVE CUIDAR DE SUA ESPOSA COM A MESMA DEVOÇÃO QUE CUIDA DE SI MESMO (29). DEVE CUIDAR DELA, POIS AMA SUA ESPOSA E A SI MESMO SE AMA.

- ALIMENTA E CUIDA DELA, EXPRESSÃO DE RESPONSABILIDADE DE MODO A AJUDÁ-LA A CRESCER EM CARÁTER E AMADURECER EM CRISTO E A DEMONSTRAR AMOR FERVOROSO E TERNO PARA DAR A ELA CONFORTO E SEGURANÇA.

 

  1.  COMO O CASAMENTO SIMBOLIZA CRISTO E A IGREJA? (5.32)

 

- COMO O MARIDO E A ESPOSA DEVEM UNIR-SE, TORNANDO-SE UM (Gn 2.24), ASSIM TAMBÉM CRISTO E A IGREJA ESTÃO UNIDOS COMO SE FOSSE UM SÓ. O FATO DE CRISTO DEMONSTRAR AMOR PELA IGREJA E OS CRENTES REAGIREM DEMONSTRANDO AMOR PARA COM ELE ASSEMELHA-SE À INTIMIDADE CADA VEZ MAIS PROFUNDA ENTRE MARIDO E MULHER.

- O CASAMENTO É UM REFLEXO SAGRADO DO MAGNIFICENTE E BELO MISTÉRIO DA UNIÃO ENTRE O MESSIAS E A SUA NOIVA, TOTALMENTE DESCONHECIDA ATÉ O NT (Ef 3.4,5; Mt 13.11; 1 Co 2.7).

- CADA UM PER SI (Cl 3.19; 1 Pe 3.16), A INTIMIDADE E SANTIDADE DO RELACIONAMENTO AMOROSO ENTRE CÔNJUGES CRISTÃOS DEVE SER A EXPRESSÃO VISUAL DO AMOR ENTRE CRISTO E SUA IGREJA

 

PAZ                  


Sede: Elzira Vivacqua, 195 - Jardim Camburi - Cep 29090-350 - Vitória - ES - Brasil
Rádio Profetizando Vida © - www.profetizandovida.com

Desenvolvido e Hospedado por Poly Design - www.polyinformatica.com