MARIDOS E ESPOSAS

PR. RICARDO RAYMUNDO

 

DEVERES DO MARIDO

Gn 2.23, “Então disse o homem: Esta é agora osso dos meus ossos, e carne da minha carne; ela será chamada varoa, porquanto do varão foi tomada. Portanto deixará o homem a seu pai e a sua mãe, e unir-se-á à sua mulher, e serão uma só carne.”

 

Pv 5.18, “Seja bendito o teu manancial; e regozija-te na mulher da tua mocidade”.

 

Ec 9.9, “Goza a vida com a mulher que amas, todos os dias da tua vida vã, os quais Deus te deu debaixo do sol, todos os dias da tua vida vã; porque este é o teu quinhão nesta vida, e do teu trabalho, que tu fazes debaixo do sol”.

 

Ef 5.25, “Vós, maridos, amai a vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela”.

 

1 Pe 3.7, “Igualmente vós, maridos, vivei com elas com entendimento, dando honra à mulher, como vaso mais frágil, e como sendo elas herdeiras convosco da graça da vida, para que não sejam impedidas as vossas orações”.

 

 

 

DEVERES DA ESPOSA

Et 1.20, “E quando o decreto que o rei baixar for publicado em todo o seu reino, grande como é, todas as mulheres darão honra a seus maridos, tanto aos nobres como aos humildes”.

 

Pv 31.27, “Olha pelo governo de sua casa, e não come o pão da preguiça”.

 

1 Co 7.10, “Todavia, aos casados, mando, não eu mas o Senhor, que a mulher não se aparte do marido”;

 

Ef 5.22, “Vós, mulheres, submetei-vos a vossos maridos, como ao Senhor”;

 

Cl 3.18, “Vós, mulheres, sede submissas a vossos maridos, como convém no Senhor”.

 

1 Tm 3.11, “Da mesma sorte as mulheres sejam sérias, não maldizentes, temperantes, e fiéis em tudo”.

 

Tt 2.4, “para que ensinem as mulheres novas a amarem aos seus maridos e filhos”,

 

1 Pe 3.1, “Semelhantemente vós, mulheres, sede submissas a vossos maridos; para que também, se alguns deles não obedecem à palavra, sejam ganhos sem palavra pelo procedimento de suas mulheres”.

 

CASAMENTO (1 Pe 3.7)

 

1. RECOMENDADO

Quem encontra uma esposa acha uma coisa boa; e alcança o favor do Senhor”.Pv 18.22

 

Tomai mulheres e gerai filhos e filhas; também tomai mulheres para vossos filhos, e dai vossas filhas a maridos, para que tenham filhos e filhas; assim multiplicai-vos ali, e não vos diminuais”.Jr 29.6

 

“Os diáconos sejam maridos de uma só mulher, e governem bem a seus filhos e suas próprias casas”.1 Tm 3.12

 

“Quero, pois que as mais novas se casem, tenham filhos, dirijam a sua casa, e não dêem ocasião ao adversário de maldizer”.1 Tm 5.14

 

“Honrado seja entre todos o matrimônio e o leito sem mácula; pois aos devassos e adúlteros, Deus os julgará”.Hb 13.4

 

 

 

2. AS SUAS OBRIGAÇÕES

 

Portanto deixará o homem a seu pai e a sua mãe, e unir-se-á à sua mulher, e serão uma só carne”.Gn 2.24

 

Eu, porém, vos digo que todo aquele que repudia sua mulher, a não ser por causa de infidelidade, a faz adúltera; e quem casar com a repudiada, comete adultério”.Mt 5.32

 

Porquanto o que Deus ajuntou, não o separe o homem”. Mc 10.9

 

Todavia, aos casados, mando não eu, mas o Senhor, que a mulher não se aparte do marido; se, porém, se apartar, que fique sem casar, ou se reconcilie com o marido; e que o marido não deixe a mulher”.1 Co 7.10,11

 

 

3. AMOR CONJUGAL

 

Isaque, pois, trouxe Rebeca para a tenda de Sara, sua mãe; tomou-a e ela lhe foi por mulher; e ele a amou. Assim Isaque foi consolado depois da morte de sua mãe”.Gn 24.67

 

Assim serviu Jacó sete anos por causa de Raquel; e estes lhe pareciam como poucos dias, pelo muito que a amava”.Gn 29.20

 

E o rei amou a Ester mais do que a todas mulheres, e ela alcançou graça e favor diante dele mais do que todas as virgens;  de sorte que lhe pôs sobre a cabeça a coroa real, e afez rainha em lugar de Vasti”.Et 2.17

 

Como corça amorosa, e graciosa cabra montesa saciem-te os seus seios em todo o tempo; e pelo seu amor sê encantado perpetuamente”.Pv 5.19

 

As muitas águas não podem apagar o amor, nem os rios afogá-lo. Se alguém oferecesse todos os bens de sua casa pelo amor, seria de todo desprezado”.Ct 8.7

 

Assim devem os maridos amar a suas próprias mulheres, como a seus próprios corpos. Quem ama a sua mulher, ama-se a si mesmo. Todavia também vós, cada um de per si, assim ame a sua própria mulher como a si mesmo, e a mulher reverencie a seu marido”.  Ef 5.28,33

 

Vós, maridos, amai a vossas mulheres, e não as trateis asperamente”.Cl 3.19

 

As características do amor referidas em 1Coríntios 13 são essenciais para um casamento e um lar em harmonia. De que modo é possível aplicarmos estas características nos nossos lares? Leia este texto e considere as referidas características:

a) O amor é sofredor.

b) O amor é benigno.

c) O amor não é invejoso.

d) O amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.

e) O amor não se porta com indecência.

f) O amor não busca os seus interesses.

g) O amor não se irrita.

h) O amor não suspeita mal.

i) O amor não folga com a injustiça mas folga com a   verdade.

j) O amor tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

k) O amor nunca falha.

 

Desse amor surge com os filhos o amor paternal e o amor maternal.

Família completa vivendo em plenitude de amor.

 

5. QUALIDADE DA COMUNICAÇÃO

 

Que métodos utiliza para desenvolver a qualidade da comunicação e promover a compreensão entre os membros da família? Romanos 12.15,alegrai-vos com os que se alegram; chorai com os que choram;

 

Como é que as seguintes virtudes pessoais encontram expressão nos problemas do dia a dia das famílias? 

 

  1. Perdão: Efésios 4.31,32 -Toda a amargura, e cólera, e ira, e gritaria, e blasfêmia sejam tiradas dentre vós, bem como toda a malícia. Antes sede bondosos uns para com os outros, compassivos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo.

 

  1. Tolerância: Gálatas 6.1 - Irmãos, se um homem chegar a ser surpreendido em algum delito, vós que sois espirituais corrigi o tal com espírito de mansidão; e olha por ti mesmo, para que também tu não sejas tentado.

 

  1. Paciência: 1 Coríntios 13.4-7 - O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não se vangloria, não se ensoberbece, 5 não se porta inconvenientemente, não busca os seus próprios interesses, não se irrita, não suspeita mal; não se regozija com a injustiça, mas se regozija com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

 

  1. Humildade: Efésios 4.1,2 - Rogo-vos, pois, eu, o prisioneiro no Senhor, que andeis como é digno da vocação com que fostes chamados, com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros em amor,

                                                            


Sede: Elzira Vivacqua, 195 - Jardim Camburi - Cep 29090-350 - Vitória - ES - Brasil
Rádio Profetizando Vida © - www.profetizandovida.com

Desenvolvido e Hospedado por Poly Design - www.polyinformatica.com