O Perdoar é Terapêutico

Pr. RicardoRaymundo

 

 


Leitura: Mateus 18.23-35

“O senhor daquele servo teve compaixão dele, cancelou a divida e o deixou ir.” (v. 27)


A consequência imediata da ausência de perdão é a falta de comunhão plena com o Pai. Só este fato em si já seria mais que suficiente para valorizarmos o perdoar. Sem comunhão haverá uma vulnerabilidade gravíssima em nossa estrutura de alma.
Quantos não estão literalmente doentes por causa de mágoas profundas, ódio entranhado, revoltas enraizadas que estão destruindo pouco a pouco a saúde física e emocional! Quantas são as pessoas amarguradas, amargas, frustradas, tudo em decorrência da falta de perdão! Para entender estas consequências nefastas é importante lembrar que não perdoar é pecado. Enquanto o mantivermos escondido, o pecado definha o nosso corpo e esgota as nossas forças (Sl 32.3s).
Uma irmã, já com mais de 60 anos, sofria de uma enfermidade nas mãos e nos pés já há vários anos. Ela me pediu oração contra aquele mal. Deus me fez discernir que aquela doença era em decorrência da falta de perdão. Eu lhe disse que precisava perdoar alguém. A irmã, então, admitiu que tivesse um ódio profundo em seu coração contra alguém. Chegando a casa ela orou pedindo perdão a Deus pelo sentimento e liberou o perdão para a pessoa. Poucos dias depois, não tinha mais nenhum sintoma da enfermidade. Perdoar é também ser liberto de sentimentos que adoecem a alma e podem atingir o corpo.
Como poderemos ter comunhão com Deus, se não O imitamos na prática do perdão?

Oração: Senhor nos ajuda a valorizar a importância do perdão, a fim de que sejamos fiéis a ti e saudáveis na alma e no corpo.
                                                        


Paz


Sede: Elzira Vivacqua, 195 - Jardim Camburi - Cep 29090-350 - Vitória - ES - Brasil
Rádio Profetizando Vida © - www.profetizandovida.com

Desenvolvido e Hospedado por Poly Design - www.polyinformatica.com