O Poder da Palavra

 

Pr. Ricardo Raymundo

 

Leitura: Tiago 3.1-5

«Todos tropeçamos em muitas coisas. Se alguém não tropeça no falar, tal homem é perfeito, sendo também capaz de refrear também todo o corpo». (v. 2)

 

Como se sucederão os dias, isto não o sabemos, é mistério. No entanto, Jesus assegurou sua presença conosco ao dizer: “E eu estarei sempre com vocês, até o fim dos tempos” (Mt 28.20b).  Neste sentido, poder aceitar a boa e sempre presente companhia de Jesus em nossas vidas abre a perspectiva de vivermos cada dia de modo sereno e confiante na sua proteção e bênção.

Iniciar uma semana contando com essa presença e com a bênção de Deus que resulta dela encerra motivos suficientes para nossa gratidão e louvor a Deus por sua generosidade e bondade.

O capítulo 3 da epístola de Tiago trata de um tema que envolve o cotidiano de todos nós: o bom e o mau uso da língua.

O autor, ao observar a realidade comunitária, percebe a necessidade de fazer algumas recomendações aos membros, alertando-os para que sejam praticantes da palavra e não somente ouvintes.

Seu propósito é chamar atenção para os cuidados que cada cristão deve ter com o uso de sua língua. Ela tanto serve para destruir a reputação de uma pessoa como contribui para a edificação de vidas. Tudo dependerá do uso que fizermos dela.

Uma só palavra, mal empregada, pode acarretar grandes estragos na vida de uma pessoa; e mil outras não conseguirão desfazer os danos produzidos por isso. Por isso somos desafiados a ter cautela e discernimento quanto ao uso das palavras.

“Palavra não foi feita para dividir ninguém. Palavra é uma ponte onde o amor vai e vem.”

Paz


Sede: Elzira Vivacqua, 195 - Jardim Camburi - Cep 29090-350 - Vitória - ES - Brasil
Rádio Profetizando Vida © - www.profetizandovida.com

Desenvolvido e Hospedado por Poly Design - www.polyinformatica.com