A Intercessão - Uma Aliada do Cristão

 

 

 Pr. Ricardo Raymundo

 

Leitura: 2 Reis 6.17-20 e Mateus 5.43-48

 

Eliseu orou ao Senhor: “Fere estes homens de cegueira”. Então ele os feriu de cegueira, conforme Eliseu havia pedido. (v.18)

 

Sabemos como Deus nos protege e consola e se necessário até envia seu exército para batalhar em nosso favor. Eliseu aprendeu a confiar em Deus e compartilhou isto com quem era mais novo na fé. Nisto o profeta fez da oração sua aliada. Hoje o vemos pedindo a Deus para cegar seus inimigos.
Ele intercede para protegê-los do exército celeste. E Deus ouve a oração de seu servo: os inimigos não enxergam mais um palmo à sua frente; interrompem o ataque e, assim, são salvos do juízo. Amados! Através deste exemplo da Escritura, vemos que o cristão obediente nunca hesita em interceder! Pela intercessão de Eliseu o Senhor poupou os soldados sírios. Depois o profeta se oferece para conduzir a tropa. Para surpresa dos soldados, ele não os conduz na direção que imaginavam; em vez de a Dotã, leva-os para a capital! Lá em Samaria Eliseu ora de novo que Deus lhes abra os olhos. Assustados e sem poder fazer nada, os sírios vêem-se cercados por tropas israelitas. Então aprendem que é inútil lutar contra Deus. Ele podia entregá-los nas mãos do povo de Israel, sem qualquer esforço da parte deste!
Nesta intercessão de Eliseu está prefigurada a ordem que Jesus nos dá no Sermão do Monte. A primeira expressão de nosso amor ao inimigo é quando oramos que Deus os poupe do
juízo e lhes manifeste o seu poder! A escola de oração também quer ensinar-nos esta lição.

Quem cresce na intimidade com o Senhor aprende que Ele quer a salvação de todos, também dos seus inimigos!

Oração: Obrigado, Senhor, que tu atendes a intercessão. Amém.

Paz


Sede: Elzira Vivacqua, 195 - Jardim Camburi - Cep 29090-350 - Vitória - ES - Brasil
Rádio Profetizando Vida © - www.profetizandovida.com

Desenvolvido e Hospedado por Poly Design - www.polyinformatica.com