A Parte mais Importante da Oração

A Parte mais Importante da Oração

 

Pr. Ricardo Raymundo

 

Leitura: Salmo 51

«Contra ti, só contra ti, pequei e fiz o que tu reprovas, de modo que justa é a tua sentença e tens razão em condenar-me». (v.4)

É comum ouvirmos a expressão: “Ninguém nasceu sabendo!”. Esta verdade também se aplica à oração. No Evangelho segundo Lucas temos uma palavra explícita dos discípulos de Jesus neste sentido, quando pedem: “Senhor, ensina-nos a orar” (11.1). E Jesus, em resposta a este pedido, ensinou-lhes a oração conhecida como o Pai-Nosso.
Muitas pessoas não oram, pelos mais diferentes motivos. Alguns julgam-se auto-suficientes e por isso dispensam o diálogo com Deus e a busca da sua presença. Outros não oram porque não foram instruídos a fazê-lo. Mesmo assim, aumenta consideravelmente o número de pessoas que oram e pedem que se ore por elas.

Só que muitas destas limitam suas orações ao pedido de bênçãos e favores a Deus.
Observamos que o mais importante em uma oração e de confissão do pecado. A esta altura, talvez você se pergunte: por que a confissão seria o elemento mais importante da oração? A resposta nos é dada pelo profeta Isaías: “Vejam! O braço do Senhor não está tão encolhido que não possa salvar, e o seu ouvido tão surdo que não possa ouvir. Mas as suas maldades separaram vocês do seu Deus; e os seus pecados esconderam de vocês o rosto dele, e por isso ele não os ouvirá” (59.1s).
A oração sincera de confissão de pecado Deus sempre ouve e também atende; por isso ela é a mais importante.

Oração: Lava-me de toda a minha culpa e purifica-me do meu pecado. Amém. 

Paz
 


Sede: Elzira Vivacqua, 195 - Jardim Camburi - Cep 29090-350 - Vitória - ES - Brasil
Rádio Profetizando Vida © - www.profetizandovida.com

Desenvolvido e Hospedado por Poly Design - www.polyinformatica.com