Orai Pelos Que Vos Perseguem

Bpo. Ricardo Raymundo                                    

Leitura: 2 Reis 6.21-23;

Jeremias 11.19-20

“Devo matá-los, meu pai? Devo matá-los?” (v. 21)

 

Assim é o ser humano: sempre pronto para a vingança. Sempre querendo “dar o troco”. Mas a lógica de Deus é outra! Eliseu mostrou ao rei de Israel que este não tinha o direito de atacar a quem ele não havia aprisionado. Estes soldados eram, sim, prisioneiros do Senhor e receberiam o tratamento que Deus lhes queria dispensar! Por isto Eliseu ordena ao rei que os trate com cortesia e generosidade, oferecendo-lhes um banquete e despedindo-os em paz. Assim a tropa síria experimentou que o Deus de Israel não é um Deus de ódio, de vingança, mas um Deus justo, bondoso, amável e generoso. Sabemos que interceder pelos inimigos é a primeira expressão do amor por eles. Agora estamos meditando sobre a atitude de amor que é fruto da intercessão. O exemplo de Eliseu estimula-nos a serenar o espírito, à generosidade, ao amor e ao perdão – sem eles nossa oração pelos inimigos é vã, fútil e sem valor. Este amor já é ordenado no Antigo Testamento (Êx 23.4s).Mas foi Jesus quem o ensinou e praticou de verdade. Ele tratou-nos como amigos, quando nós ainda éramos seus inimigos! Para dar-nos a salvação, ofereceu a sua própria vida (Jo 15.13). Na cruz, em agonia e dor, pediu que Deus perdoasse todos aqueles que o perseguiram, maltrataram e mataram (Lc 22.33).

 

Tendo sido amados desta forma, revistamo-nos do amor de Cristo, para que sejamos amáveis, benignos, longânimos e perdoadores (Ef 4.32–5.2). Assim nossos inimigos serão alcançados pelo amor de Deus e transformados em amigos de Deus e nossos! Vamos nos unir em oração todas as sextas às 20h, Rumo a Perfeição.

Oração: Obrigado, Senhor, por não me dares o pouco que te peço e por não ter que te pedir o muito que me dás. Amém.


Sede: Elzira Vivacqua, 195 - Jardim Camburi - Cep 29090-350 - Vitória - ES - Brasil
Rádio Profetizando Vida © - www.profetizandovida.com

Desenvolvido e Hospedado por Poly Design - www.polyinformatica.com