O Homem Perfeito

Pr. Ricardo Raymundo

O autor de Provérbios diz que “a vereda dos jus­tos é como a luz da aurora que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito.” (Pv 4.18).  O vocábulo hebraico aqui é 'kun' que significa estabelecido, fixo; enquanto o grego da Septuaginta traduz por 'katorthôse' cujo significado é estar direito, neste caso o sol estar a pino, ao meio dia, o dia perfeito.

Quanto ao Novo Testamento iniciamos com o relato de Mateus 5.48 que diz: “Portanto, sede vós perfeitos (teleioi) como é perfeito (teleios) o vosso Pai celestial.” E noutra ocasião “Disse-lhe Jesus: Se queres ser perfeito, (teleios) vai, vende tudo o que tens e dá-o aos pobres e terás um tesouro no céu; e vem, segue–me.” (Mt 19.21). Neste caso, a perfeição está concentrada, não na venda dos bens, mas no fato de estar disposto a deixar tudo para seguir Jesus.

Agora chegamos ao versículo supra escrito pelo Apóstolo Paulo: “mas, quando vier o perfeito, então o que é em parte será aniquilado.” (1 Co 13.10). Nesta frase 'o perfeito' no grego 'to teleion' são artigo e adjetivo neutro, o que implica considerar, não uma pessoa, mas a qualidade dessa pessoa, que é a perfeição. Isto é, a maturidade atingida mediante os anos e a experiência diária. Paulo quer dizer que, no início da carreira cristã, o nosso conhecimento e o nosso dom profético são imperfeitos, mas, quando atingirmos a maturidade não haverá mais imperfeição. Será tal como o sol, quando está a pino e alumia mais claramente, e quando é dia perfeito.

Assim, também os cristãos desenvolvem os talentos e dons espirituais até atingirem a maturidade, como nos aconselha Paulo: “Irmãos, não sejais meninos no entendimento; na malícia sede criancinhas, mas tornai-vos adultos no entendimento”. (1 Co 14.20). E dá-nos o seu exemplo pessoal: “Quando eu era menino, pensava como menino; mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino.” (1 Co 13.11).  Isto quer dizer que os cristãos devem desenvolver as suas capacidades cognitivas e sensitivas de modo a viverem como homens e mulheres maduros, com uma mente exercitada na Palavra de Deus. Assim como o apóstolo escreve aos cristãos de Éfeso: “E ele deu uns como apóstolos, e outros como profetas, e outros como evangelistas, e outros como pastores e mestres, tendo em vista o aperfeiçoamento dos santos para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo até que todos cheguemos à unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de Deus, ao estado de homem feito, à medida da estatura completa de Cristo, para que não mais sejamos meninos inconstantes, levados ao redor por todo vento de doutrina, pelo engano dos homens, pela astúcia tendente à maquinação do erro;” (Ef  4.11–14).

Conclusão

Paulo confessa reconhecer que, não tendo ainda atingido a perfeição, se esforçava para consegui-la, e aconselha os cristãos a seguir o seu exemplo, deste modo:“Não que já a tenha alcançado, ou que seja perfeito; mas vou prosseguindo, para ver se poderei alcançar aquilo para o que fui também alcançado por Cristo Jesus… Mas, naquela medida de perfeição a que já chegamos, nela prossiga­mos.” (Fp 3.12,16).

E o apóstolo continua aconselhando os colossenses: “Cristo em vós, a espe­rança da glória, o qual nós anunciamos, admoestando a todo homem, e ensinando a todo homem em toda a sabedoria para que apresentemos todo homem perfeito em Cristo; E, sobre tudo isto, revesti-vos do amor, que é o vínculo da perfeição.” (Cl 1.27,28; 3.14).

Terminamos com o trecho de Paulo enviado a Timóteo: “Toda a Escritura é divinamente inspirada e proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça; para que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente preparado para toda a boa obra.” (2 Tm 3.16,17).

Paz


Sede: Elzira Vivacqua, 195 - Jardim Camburi - Cep 29090-350 - Vitória - ES - Brasil
Rádio Profetizando Vida © - www.profetizandovida.com

Desenvolvido e Hospedado por Poly Design - www.polyinformatica.com