Um Criminoso Chega a Presença de Deus

Pr. Ricardo Raymundo

 

Leitura: Salmo 51 e 2 Samuel 11 e 12

 

“Lava-me de toda a minha culpa e purifica-me do meu pecado.” (Sl 51.2)

 

O título do Salmo 51 nos revela a situação histórica e o contexto no qual foi escrito: ... quando o profeta Natã veio falar com Davi, depois que este cometeu adultério com Bate-Seba. Bate-Seba era esposa de um soldado do exército do rei Davi, chamado Urias. Para ficar com a mulher dele, Davi o enviou ao fogo cruzado de uma frente de batalha para que ali morresse. Natã é aquele homem de Deus que procura o rei e lhe relata a história de dois homens, um rico e outro pobre. O rico possuía um grande rebanho, o pobre somente uma cordeirinha. Certo dia o rico recebeu um hóspede e, não querendo sacrificar nenhum de seus animais para o banquete, preparou para o visitante a cordeira que pertencia ao pobre.Davi, ao ouvir esta história, fica muito irado e diz: “Juro pelo nome do Senhor que o homem que fez isto merece a morte! Deverá pagar quatro vezes o preço da cordeira, porquanto agiu sem misericórdia”. Ao que Natã lhe diz: “Você é esse homem.” (2Sm 12.5ss).Davi, adúltero e assassino, merecia a pena de morte ou de prisão perpétua pelos crimes cometidos. Ele ousa chegar à presença de Deus.

Profundamente arrependido, nós o encontramos, no Salmo 51, prostrado em oração. E a oração que brota do seu coração é de confissão. Esta é a única maneira que existe para o pecador aproximar-se do Senhor e experimentar o perdão e a comunhão que Ele tem a oferecer.

Oração: Tem misericórdia de mim, ó Deus, por teu amor; por tua grande compaixão apaga as minhas transgressões. Amém.

Paz


Sede: Elzira Vivacqua, 195 - Jardim Camburi - Cep 29090-350 - Vitória - ES - Brasil
Rádio Profetizando Vida © - www.profetizandovida.com

Desenvolvido e Hospedado por Poly Design - www.polyinformatica.com