O Sentido de Humildade

Pr. Ricardo Raymundo

 


Leitura: Mateus 10.1-5

"Estes são os nomes dos doze apóstolos: primeiro, Simão, chamado Pedro, e André, seu irmão; Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão; Filipe e Bartolomeu; Tomé e Mateus, o publicano";... (v. 2s)


Voltamos ao tema da humildade. Essa qualidade se assemelha ao húmus, na floresta:as folhas e os ramos morrem para se tornarem úteis à vida de outros. Também humildade pressupõe uma morte para as vaidades. Humildade é como o solo em que sementes podem germinar e plantas crescer. No solo, outros podem pisar, para ficar de pé...Se isso é verdade, então humildade não é um ornamento suplementar. Ela é um elemento fundamental, essencial e básico para as relações humanas.
Em Mateus, nós a vemos quando diz que seguiu a Jesus, sem mencionar que deixou tudo e o seguiu, como Lucas o faz. Também na lista dos discípulos, Mateus não esconde nada a seu respeito ao especificar Mateus, o publicano. Ora, isso equivalia a dizer “Mateus , o ladrão”.Quando compôs o seu evangelho, já não era mais publicano. Há tempo era discípulo e apóstolo, missionário, evangelista e pastor. Tinha evangelizado e plantado igrejas. Por isso, poderia ter usado qualquer um desses qualificativos para se identificar.Mas ao registrar que era Mateus, o publicano honrou o ministério do seu Mestre e Salvador, que viera buscar o que se havia perdido, e realmente curar os doentes.


Oração: Senhor, Tu morreste para que pudéssemos viver, Tu preparaste o caminho e te tornaste no Caminho, para que por ti caminhemos em segurança. Ensina-nos essa humildade fundamental e genuína. Queremos seguir nos teus passos e nos passos de homens como Mateus, teu servo. Amém.

                                

Paz


Sede: Elzira Vivacqua, 195 - Jardim Camburi - Cep 29090-350 - Vitória - ES - Brasil
Rádio Profetizando Vida © - www.profetizandovida.com

Desenvolvido e Hospedado por Poly Design - www.polyinformatica.com