Palavras Também Ferem

Pr.Ricardo Raymundo

  


Leitura: Tiago 3.6-12

«Assim também, a língua é um fogo». (v. 6)


Vivemos cercados de ditos e frases que surgiram da experiência humana e foram incorporados à sabedoria popular. Em muitos momentos, eles são lembrados e usados para alertar que determinadas atitudes podem conduzir a situações de tensão, intriga e ressentimento.
Estes adágios querem induzir-nos a adotar uma atitude de cautela e sabedoria. Outro dia, passando por duas pessoas que conversavam numa esquina, acabei por escutar a seguinte frase: “Cuidado para não queimar a língua!”.
De certa forma esta expressão alinha-se com as palavras de Tiago quando afirma: a língua é um fogo. Nas duas situações, está implícito o cuidado que necessitamos ter com o uso das palavras. Palavras usadas sem o devido cuidado e atenção podem traduzir-se em conflito, gerando sofrimento a outras pessoas e a nós próprios. No cotidiano, é comum ouvirmos comentários acerca de pessoas. Em muitos deles alguém é objeto de críticas, de condenação e até de gozação.
Tais comentários mantêm uma ponta de maldade e de discriminação e em nada contribuem para a edificação do outro! Eles apenas dão vazão ao ressentimento que está a consumir o interior de quem os faz.Tiago escreve sua advertência a cristãos porque também nas igrejas e nas famílias este mal está presente. Cada um de nós sabe quanto já destruiu com o fogo de sua língua! Por isso, ao falar, faça-o com amor, visando ao bem do seu próximo.
Pelo seu Espírito, o Senhor quer capacitar-nos para tanto!


Oração: Senhor! Concede-me o dom de ter a cautela e a sabedoria necessárias para o bom uso das palavras. Dá-me discernimento para bem empregar as palavras que melhor edifiquem a outra pessoa. Amém.
                                              


Paz


Sede: Elzira Vivacqua, 195 - Jardim Camburi - Cep 29090-350 - Vitória - ES - Brasil
Rádio Profetizando Vida © - www.profetizandovida.com

Desenvolvido e Hospedado por Poly Design - www.polyinformatica.com